Troféu 2019

ANIMATIBA é um momento de consagração e apreciação da arte da animação.

O troféu ANIMATIBA  significa mais do um objeto de sagração da vitória numa competição, ele pretende ser um signo de estímulo ao desenvolvimento artístico e técnico de estudantes, profissionais e empresas. Ele é um detalhe a mais no final do trajeto daqueles que trilharam com esmero o caminho da criação e da produção de uma obra audiovisual.

OS GRANDES VENCEDORES de 2019 FORAM:

Homenageado: Arnaldo Galvão

ag_2017b

Prêmio de reconhecimento pelo conjunto de sua obra e pela atuação em prol da Animação Brasileira.

—————————————————————————————————

PREMIAÇÃO INTER-CATEGORIAS

 

1

 

Melhor Direção: Guida – Dir. Rosana Urbes [Brasil-SP]   /  Melhor Roteiro: Yansan – Dir. Carlos Eduardo Nogueira [Brasil-SP]  /  Direção de Arte: Relatividade – Dir. Carlon Hardt [Brasil – PR]  /  Trilha sonora:  Ballad About Happiness – Dir. Matgorzata Kowcun [Polônia-Croácia] / Melhor Técnica de Animação: Fighting Pablo – Dir. Robbe Vervaeke [Bélgica]  /  Prêmio especial do Júri: Overrun – Dir. Adrien Zumbihl [França]

Abaixo, vídeo feito por Arnaldo Galvão documentando a reação de Rosana Urbes ao receber seu troféu.

—————————————————————————————-

LONGA-METRAGEM

2

Júri Oficial: As Aventuras de Fujiwara Manchester – Diretor: Alê Camargo  /  Júri Popular: As Aventuras do Pequeno Colombo – Diretores: Rodrigo Gava e Eduardo Campos [Brasil-RJ]

—————————————————————————————————

CURTAS CLÁSSICOS NACIONAIS

3

 

Júri Oficial: Vida Maria – Dir. Marcio Ramos [Brasil-CE]  /  Júri Popular: Até a China – Dir. Marão [Brasil-RJ]

 

CURTAS PRATA DA CASA

4

Júri Popular: Apnéia – Diretores: Carol Sakura e Walkir Fernandes  /  Júri Oficial: Elégia – Dir. Ulisses Candal Sato

—————————————————————————————————–

CURTAS DO MUNDO ANIMATIBA-ANIM!ARTE – ESTÚDIOS

 

5

Júri Oficial: Hezar Afsan – Dir. Asghar Safar, Abbas Jalali Yekta [Irã]  /  Júri Popular: Make it Soul – Dir. Jean-Charles Mbotti Malolo [França]

—————————————————————————————————–

CURTAS DO MUNDO ANIMATIBA-ANIM!ARTE – ESCOLAS

6

 

Júri Popular: The Fruits of Clouds – Dir. Katerina Karhankova [República Tcheca]  /  Júri Oficial: Xian – Dir. Roxane Campoy, Pauline Ledu, Myrian Belkehyar, Gwenaelle Bavoux [França]

 


O Júri Profissional foi formado por:

jur-01

LUIZ GUSTAVO VILELA TEIXEIRA  – Crítico de Cinema e Jornalista formado na PUC-MG (2006). Mestre e doutorando em Comunicação e Linguagens (UTP) e especialista em Comunicação e Cultura (UTFPR). É redator, editor e idealizador do site Cronico de Cinema (cronicodecinema.com). Trabalhou durante cinco anos como Editor de Cinema para o Portal POP. Colaborador frequente da Gazeta do Povo em textos sobre cinema e séries. Ministra palestras periodicamente com as temáticas Cinema, Audiovisual, Séries, Jornalismo Cultural e Jornalismo Digital. Colunista semanal na Rádio CBN Curitiba e Transamérica Light sobre Séries de TV e Filmes. Desde 2016 é cineclubista (curadoria e mediação) do Cineclube SESI de Curitiba e São José dos Pinhais. Professor da disciplina Fórum de Crítica de Cinema na Pós-graduação em Intermidias Visuais na UTP.

jur-02

 

 

 

 

 

CYNTHIA SCHNEIDER – Jornalista e publicitária. Doutora em Multimeios pela Unicamp. Pós-doutoranda em Comunicação e Linguagens pela UTP. Professora e pesquisadora de roteiro, cinematografia, história e estética do cinema e artes do vídeo. Lecionou nas principais universidades de Curitiba, em cursos de graduação e especialização. Atualmente é professora no IFPR.

jur-03

 

 

 

 

 

BRUNO SAAD – Em 2013 começou a estudar Design Gráfico na Universidade Federal do Paraná.  Em 2015 fez um ano de intercâmbio no Maryland Institute College of Art estudando Animação de Personagens. Gosta de qualquer tipo de animação, seja para filmes, jogos, em qualquer técnica. Em 2016, participou da produção do jogo Dropzone, desenvolvido pela Sparkypants Studios, fazendo animações para personagens, rigs e equipamentos diversos. Depois de ter 2 anos de experiência com gerenciamento de empresa e direção de animação no Estúdio Padoca, agora é líder de Design Gráfico e Motion Graphics na Elo Hell Esports; além de dar aula de Motion Graphics na Escola Revolution .

 

Em termos de design, nosso troféu se inspira no Praxinoscópio de Émile Reynaud, pioneiro da animação e um dos inventores do cinema, cujo Teatro Óptico inaugurou a era dos espetáculos púbicos de imagens em movimento. Assim, nosso troféu é em si um artefato cinematográfico que, ao ter seu disco girado, cria a ilusão de movimento na face de seu espelho octaédrico, fazendo com que nosso personagem mascote – Garti, o lagartixa – se anime. A ideia do troféu é de Paulo Munhoz, mas todo o projeto e execução ficou a cargo do PhD em Engenharia Mecânica Zely da Conceição e do seu filho, o Designer Lucas Palma.

Quem é Garti? Ele anda por todos os nossos materiais, sutil como todo bom curitibano, anima-se no troféu e representa as lagartixas, animal que nos protege das terríveis aranhas-marrons. Garti é parente do jacaré do Parque Barigui que, segundo especialistas, não é um jacaré (pois na região não existem jacarés), mas o maior exemplo de lagartixa do mundo animal.

 

assinatura_web